Os tipos de investimento que cresceram na pandemia

A pandemia alterou muito a dinâmica do mercado em 2020, diversos estabelecimentos ficaram meses com as portas fechadas, tendo que reduzir gastos e demitir funcionários para não quebrar, é evidente que esse é um momento difícil que todos estão passando e claro que isso tem bastante influência nas empresas. Porém, existe uma frase que diz que “a crise gera oportunidade”, isso porque sempre há aqueles investimentos e nichos de mercado que crescem em meio a uma crise, com a pandemia não foi diferente e são esses negócios que cresceram em 2020 que veremos neste blog.



  • E-commerce

Talvez o setor mais evidente que tenha crescido nessa pandemia seja o das empresas de e-commerce. Com o isolamento e distanciamento social, as compras online tiveram um enorme crescimento, segundo dados da consultoria Ebit Nielsen, o e-commerce cresceu 47%, no Brasil, no primeiro semestre de 2020, sendo o maior crescimento em 20 anos. O cenário também “obrigou” a maioria das empresas a mergulhar no meio online para vender seus produtos, tentando diminuir as consequências da pandemia e sobreviver no mercado.


  • Startups

Startup é um termo que está na moda atualmente, sendo usado para designar aquelas empresas jovens com um modelo de negócios repetível e escalável, em um cenário de incertezas. Segundo os dados do mercado de Venture Capital (VC) os investimentos em Startups no primeiro quadrimestre de 2020 foi de 120% em relação ao valor do mesmo período de 2019, ou seja, 20% maior.


Vale ressaltar que esse período (janeiro a abril) foi quando o vírus estava começando a se espalhar pelo mundo, sendo um período de muitas incertezas para os investidores, nesse sentido especialista dizem que os investimentos em Startups aumentaram, principalmente, pelo fato de serem empresas mais resilientes em momentos de incertezas.


  • Empresas de saúde

Outro setor que podia-se imaginar que ia crescer nessa pandemia é o da saúde, devido à crise sanitária e sua consequente valorização. Uma pesquisa da CB Insights analisou o panorama global do terceiro trimestre desse ano (sobre o setor da saúde), nesse período as empresas privadas de saúde alcançaram um novo recorde trimestral de US$ 21,8 bilhões de dólares em financiamento, esse valor representa um crescimento de 18% em relação ao segundo trimestre do mesmo ano, totalizando 1.539 investimentos de capital no período.


Vale destacar nesse setor o crescimento dos investimentos em negócios digitais de saúde, fortalecendo aquele argumento de que a presença online é muito importante nesse período pandêmico. foram US$ 8,4 bilhões investidos no terceiro trimestre, um crescimento de 73%.


  • Leilão

Os leilões foram um dos investimentos que mais cresceram na pandemia, isso pode ser explicado pelo fato do Poder Judiciário ter suspendido temporariamente sua realização de forma presencial e ter permitido sua continuação online. Muitas pessoas ficaram interessadas por esse setor e pelo novo método de ser realizado os leilões (online), fazendo com que essa modalidade tenha crescido aproximadamente 50% no período de pandemia.



Conclusão

Foram abordados alguns setores que cresceram, em 2020, apesar de todas as dificuldades vividas, sobretudo devido à pandemia. É evidente que estes não são todos os setores, há diversos nichos de mercado que foram afetados positivamente nesse cenário de crise, porém, buscamos apresentar os mais conhecidos.


É coerente dizer que o meio online está mais forte do que nunca, é claro que mesmo sem o vírus e consequentemente a pandemia, haveria um crescimento da plataforma online. Porém, com certeza o crescimento decorrente da pandemia foi muito maior que o “natural”, devido a diversos fatores, tais como: o isolamento social, e é por esse motivo que a maioria dos investimentos, que cresceram, citados neste blogo, possuem forte presença no online. E todo esse contexto fez com que muitas empresas se readaptassem para atender a demanda de seus clientes através de plataformas online (mídias sociais, por exemplo).


  • Referencias:

https://g1.globo.com/economia/tecnologia/noticia/2020/08/28/faturamento-de-lojas-online-no-brasil-cresce-47-por-cento-no-1o-semestre-de-2020-maior-alta-em-20-anos.ghtml


https://www.jornalcontabil.com.br/startups-sobressairam-na-pandemia/#:~:text=Segundo%20ele%2C%20alguns%20fatores%20explicam,antes%20do%20início%20da%20pandemia.&text=Ou%20seja%2C%20enquanto%20muitas%20empresas,startups%20já%20faziam%20parte%20dela.


https://www.consumidormoderno.com.br/2020/10/26/investimentos-em-empresas-de-saude-ganham-forca-e-democratizacao-e-tendencia/


https://ambitojuridico.com.br/noticias/leilao-um-dos-investimentos-que-mais-cresceram-na-pandemia/




5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo