O que significa o termo “PANC”?



As PANCs (plantas alimentícias não convencionais) são espécies vegetais que podem ter suas partes, total ou parcialmente, incluídas na alimentação humana. Podem ser consumidas cruas, em saladas, ensopados, refogados e afins, mesmo que tal costume não seja comum para a maioria da população. Há uma vasta diversidade: são hortaliças, frutos, grãos e castanhas que são consideradas plantas desse grupo. Com a globalização, perdeu-se o costume de ingeri-las. As PANCs não possuem uma cadeia produtiva e muitas vezes são consideradas plantas daninhas. Apesar disso, algumas espécies ainda são comuns, como: jambu no Amazonas, ora-pro-nóbis em Minas Gerais, taioba no Espírito Santo, entre outras. Estas plantas possuem uma grande importância histórica, as receitas e utilizações são passadas de geração em geração. Precisamos valorizar seu uso pois as vantagens são enormes. Inclusive, a Embrapa produz livros, folders, e um curso 100% online sobre o tema, além de desenvolver pesquisas sobre as espécies. Vale a pena conferir!


Vantagens:

Plantas rústicas, dificilmente terão problemas com pragas e doenças.

Fácil adaptabilidade às mudanças climáticas.

Ricas nutricionalmente e com propriedades medicinais.

Paladar diferenciado.

Baixo custo de produção.

Podem ser cultivadas em casa.

Valorização da flora brasileira.


Alguns exemplos de PANCs

Fisalis (Physalis peruviana)

Caruru (Amaranthus spp.)

Beldroega (Portulaca oleracea)

Mangarito (Xanthosoma riedelianum)

Moringa (Moringa oleifera)

Taioba (Xanthosoma taioba)


Referências: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/183006/1/80-84.pdf

Curso: Produção de Hortaliças PANC para o consumo doméstico. Embrapa AVA (Ambiente virtual de aprendizagem)

https://ava.sede.embrapa.br/course/index.php?categoryid=10


http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/161006/1/folder-vinagreira.pdf



58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo